Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Pestanas congeladas devido ao frio extremo

Mäyjo, 01.03.18

 

Pestanas congeladas e termómetros partidos devido aos - 62 graus celsius na localidade mais fria do mundo.Imagem1 (1).png

Anastasia Gruzdeva mostra as pestanas congeladas pelo frio na região de Yakutia, na Rússia Instagram/AnastasiaGruzdeva

 

Fotos de cílios congelados, ruas com vários metros de neve e termómetros partidos estão a inundar as redes sociais devido a uma frente fria que está a atingir Yakutia, na Sibéria, uma região russa onde os estudantes estão habituados a ir à escola mesmo quando faz - 40º Celsius. Em janeiro o frio já fez duas vítimas mortais.

Anastasia Gruzdeva mostra as pestanas congeladas pelo frio na região de Yakutia, na Rússia Instagram/AnastasiaGruzdeva

 

O inverno no hemisfério norte, em particular na Rússia, está a ser marcado por temperaturas mais baixas do que o habitual. Em janeiro as aulas foram suspensas em Oimiakón, na Sibéria, e os termómetros partiram quando chegaram aos 62 graus negativos, escrevem agências de notícias internacionais.

 

No entanto, nas redes sociais, alguns habitantes relatam ter registado temperaturas de -67 graus Celsius.

De acordo com um porta-voz dos serviços de emergência municipais da região, o frio afeta 107 escolas de Yakutia, onde há cerca de 9.600 estudantes.

Pelo menos dois homens morreram congelados quando uma avaria no carro durante uma viagem numa zona remota daquela região os obrigou a procurar ajuda.Seguir

O Governo de Yakutia garantiu que todas as casas e estabelecimentos têm aquecimento central e que, em caso de emergência, seria assegurado o acesso a geradores de energia aos habitantes locais.

Imagem2.png

Apesar das temperaturas reduzidas, a vida em Oimiakón continuou animada, como demonstram as imagens que chegaram às redes sociais.

Em 2012 as temperaturas chegaram aos - 71º Celsius nesta localidade, conhecida por ser a mais fria do mundo, escreveram vários órgãos de comunicação social.

Esta região da Rússia possui regras próprias de funcionamento durante o inverno rigosos, onde geralmente as escolas são encerradas durante as vagas de frio.

3.png

Instagram

 

 

Fonte: Sapo Lifestyle 

 

O Ártico a "torrar" e a Europa a "tremer" de frio

Mäyjo, 28.02.18

Imagem1.png

Enquanto a Europa treme de frio, o Polo Norte conhece um pico de calor com temperaturas 30 graus centígrados (ºC) acima da normal para a época, um fenómeno excecional que ocorre em contexto de aquecimento do Ártico.

O termómetro atingiu os 35ºC negativos em algumas regiões do centro da Federação Russa no domingo, 12ºC negativos na Polónia ou ainda 10ºC negativos no leste da França.

Nos últimos quatro dias, pelo menos 20 pessoas morreram na sequência da vaga de frio siberiano que se abateu sobre a Europa.

Durante este tempo, o Polo Norte, mergulhado na escuridão permanente da noite polar, registava temperaturas positivas graças a vagas de ar ameno.

Existe "uma situação de bloqueio anticiclónico no norte da Escandinávia (...) com uma subida de ar ameno da Islândia para o Polo Norte de um lado e o anticiclone do outro, descida de ar frio do Ural e da Rússia ocidental para a Europa ocidental", disse à agência AFP um meteorologista da Meteo-France, Etienne Kapikian.

Em resultado, "estima-se que ao nível do Polo Norte estão zero graus", indicou Kapikian, segundo estimativas feitas com modelização, porque não há estação meteorológica instalada no local.

Mais quente na Gronelândia do que em Bragança

Para ter uma medida mais precisa, é preciso ir ao extremo norte da Gronelândia, "onde se registaram 6,2ºC no domingo", acrescentou Kapikian. "É um valor excecional, cerca de 30ºC acima do que é normal para a época, mesmo 35ºC dada esta medida tão precisa", acentuou. É este um episódio excecional? Sim, mas nem tanto, respondem os cientistas.

"Temperaturas positivas no Polo Norte no inverno foram registadas quatro vezes entre 1980 e 2010 (...). Mas agora ocorreram em quatro dos últimos cinco invernos", disse à AFP o climatologista Robert Graham, do Instituto Polar Norueguês.

"Tivemos um inverno excecional no Ártico, o precedente também já tinha sido e não arriscamos muito se dissermos que o próximo também vai ser (...). É o aquecimento do Ártico", reforçou Etienne Kapikian.

 

Fonte: Sapo Lifestyle

 

 

RIO HUDSON, EM NOVA IORQUE, COBERTO DE GELO

Mäyjo, 28.02.15

hudson_SAPO

As temperaturas negativas que há várias semanas assolam a cidade de Nova Iorque fizeram uma nova “vítima”, o rio Hudson. Segundo responsáveis pelos meios de transporte marítimos de Nova Iorque, este é o pior Inverno dos últimos 28 anos. Assim, de acordo com o Daily Mail, as folhas de gelo do Hudson acabaram por suspender todos os serviços entre Manhattan, Queens e Brooklyn.

De acordo com a US Coast Guard, que patrulha as águas e tenta retirar o gelo, existem partes com 45 centímetros de espessura. No entanto, os nova-iorquinos não podem pensar em usar os seus skates para passar até ao outro lado do rio, uma vez que o rio não está completamente congelado.

Qual será o próximo património natural norte-americano a congelar? E será que estes fenómenos extremos nos dizem que as alterações climáticas violentas estão cada vez mais próximas?

O rio Hudson está inultrapassável

MAIS DE 80% DOS GRANDES LAGOS NORTE-AMERICANOS ENCONTRAM-SE CONGELADOS

Mäyjo, 25.02.15

grandes lagos_SAPO

O gelo tomou conta de 84,4% dos cinco grandes lagos norte-americanos – Michigan, Superior, Huron, Ontario e Erie –, de acordo com o Chicago Tribune. Os cinco lagos juntam-se assim às cataratas do Niagara (ver fotogaleria) na lista de monumentos naturais afectados pela interminável vaga de frio que assola o Norte da América.

Segundo o Chicago Tribune, o lago Erie está completamente gelado, enquanto o lago Superior e Huron para lá caminham. O recorde de percentagem coberta por gelo dos lagos data de 1979, quando 94,7% destas depressões naturais ficaram congeladas.

O Lago Superior é o segundo maior do mundo em área total. Ele também tem 405 metros de profundidade e 12.100 quilómetros quadrados. O Huron é o quarto maior do mundo (229 metros de profundidade e 3.540 quilómetros quadrados) e o Michigam vem logo atrás (281 metros e 4.918 quilómetros quadrados).

 

Na lista em baixo estão identificados os 18 maiores lagos do mundo – liderada pelo Mar Cáspio (de acordo com a Wikipedia).

LagoÁrea totalProfundidade
máxima
VolumePaísesTipo de água
Mar Cáspio393.898 km²1.025 m78.200 km³RússiaCazaquistãoAzerbaijão,
IrãTurquemenistão
salgada
Lago Superior82.414 km²405 m12.100 km³E.U.A.Canadádoce
Lago Vitória68.870 km²81 / 85 m2.750 km³TanzâniaQuéniaUgandadoce
Lago Huron59.596 km²229 m3.540 km³E.U.A., Canadádoce
Lago Michigan58.016 km²281 m4.918 km³E.U.A.doce
Lago Tanganica32.893 km²1.470 m18.900 km³R.D.CongoTanzâniaZâmbiaBurundidoce
Lago Baikal31.492 km²1.637 m23.600 km³Rússiadoce
Grande Lago do Urso31.080 km²88 m2.236 km³Canadádoce
Grande Lago do Escravo28.438 km²614 m2.090 km³Canadádoce
Lago Erie25.745 km²64 m489 km³E.U.A., Canadádoce
Lago Winnipeg24.341 km²18 m283 km³Canadádoce
Lago Malawi23.310 km²706 m8.400 km³Malawi, Tanzânia, Moçambiquedoce
Lago Ontario19.259 km²244 m1.639 km³E.U.A., Canadádoce
Lago Balkhash18.428 km²26 m106 km³Cazaquistãodoce
Lago Ladoga17.703 km²255 m908 km³Rússiadoce
Lago Onega9.891 km²120 m280 km³Rússiadoce
Lago Titicaca8.135 km²281 m893 km³BolíviaPerudoce
Mar de Aral>6.630 km²32 m110 km³Cazaquistão e Usbequistão
(Era o quarto colocado até 1960)
salgada